DIA INTERNACIONAL DA MULHER

“Prezadas colaboradoras:

Através do presente, a direção deseja parabenizar as distintas e operosas funcionárias desta fábrica pela passagem recente do Dia Internacional da Mulher, esperando que tenham dele usufruído na companhia de seus esposos e companheiros ou, ainda, no seio amoroso de suas famílias. Trata-se de uma dia muito especial para a corporação, tendo em vista que nele se homenageia esta que, como mãe, mulher e trabalhadora, é uma das construtoras da história mais recente – e também de nossa moderna empresa.

Infelizmente, no entanto, a direção sente-se obrigada a responder negativamente ao pleito (na verdade, de umas poucas trabalhadoras, que pouco conhecem o espírito democrático de nossa empresa) de equiparação salarial aos homens. Ainda que se reconheça a importância do pedido, não há, no momento, a possibilidade das laboriosas moças que labutam em nossa fábeica ganharem os mesmos salários que os homens. Eventual equiparação esbarra na impossibilidade jurídica, tendo em vista que os homens, então, poderiam sentir-se como se estivessem ganhando menos do que ganhavam anteriormente – e a redução salarial é proibida por lei. Além disso, haveria um óbvio constrangimento masculino, podendo as gentis trabalhadoras desta empresa entender a razão da negativa.

Há que se dizer que a decisão não foi simples e tomada com grande dificuldade pelo Conselho Deliberativo da empresa, formado pelos diretores Ribeiro, Schneider, Antognazzi, Getúlio e pelo signatário. Aproveita-se o ensejo para Informar que o conselheiro Peçanha deixou o Conselho de nossa empresa, tendo em vista que suas novas funções junto à operosa instituição da Tradição, Família e Propriedade lhe consomem grande parte do tempo e esforços, e será substituído pelo gerente Oduvaldo. É bastante possível que, nas próximas composições do Conselho, daqui a alguns anos, já haja a presença feminina. Tudo pode acontecer numa empresa moderna e democrática.

Por fim, ainda que a equiparação salarial não tenha sido possível (e não foi por falta de vontade), resta trazer ao nosso exemplar grupo de trabalhadoras uma excelente noticia: a Diretoria Financeira da empresa autorizou a aquisição, por um ano inteiro, da assinatura de uma importante revista de corte e costura.

Por esta importante conquista, parabéns a todas as mulheres.”


Outros Contos


O SOL FRIO

MEU NOVO VIZINHO

BETÂNIA EM SEUS SONHOS

OS GÊMEOS, AS GÊMEAS

BRIGITTE BONJOUR

A IMAGEM QUE O ESPELHO ME DEVOLVE

O SENTIDO DA VIDA

FIM DE SEMANA

SONHOS À VENDA

O RETRATO

AS EXPLICAÇÕES DO ESTUPRADOR

A MÃE E A FADA DO DENTE

ONDE ANDARÁ ESTE FUTURO?

CIDADANIA

SÃO LOURENÇO

CORRESPONDÊNCIA

A GAROTA NO ÔNIBUS

DONA LIDIANE

A VOLTA DO MAESTRO

PAPAI NOEL NÃO GOSTA DE CROQUETE

 

 

 
 

 


Prêmio que agraciou Henrique Schneider é um dos principais concursos do Brasil


Entrevista: o processo de criação de Setenta


Henrique Schneider palestra no Festival Literário dos Campos Gerais