LADY MADONNA

Os homens do marketing da gravadora entraram na reunião decididos a sair de lá com o perfil da nova estrela musical da companhia. Precisavam de um sucesso esplendoroso, algo mega-mega-mega, para faturar milhões de bilhões em todas as moedas.

“Tem que ser muito bonita.” - disse um dos diretores, e todos os outros concordaram.

“Mais que bonita, precisa ser sensual. Alguém que, quando se mexa, mexa também com a imaginação dos homens.” – disse outro, com a concordância dos demais.

“Dos homens e das mulheres!” – comentou um, e todos os demais balançaram a cabeça em sinal de afirmação.

“E precisa ter um visual exótico. Algo meio chocante, para marcar mesmo.” – e também aí ninguém discordou.

“Mas precisa ser um exótico tipo mutante. Algo que esteja também sempre surpreendendo o público. Loira num dia, japonesa no outro. Hoje uma gata, amanhã talvez uma sereia.” – adendou um dos presentes, enquanto outro diretor assoviava em aprovação: sereia, sereia, já pensaram que genial?

“E deve ter uma beleza que inspire confiança. Algo que ajude a vender produtos.” – sugeriu um diretor.

“Qualquer produto.” – completou outro, sob a aprovação unânime dos demais, que já começavam a enxergar, na sua frente, a nova estrela musical da gravadora. E cifras, claro.

“Tem que ter um nome bombástico! Lady Madonna, algo assim.”

Maravilhoso, concordaram os demais. Lady Madonna fechava todas.

“E precisa saber cantar bem!” – lembrou-se o novo gerente, que recém havia chegado à companhia.

“Cantar?” – surpreendeu-se o diretor geral do departamento. – “Para que saber cantar?”

“Desculpa, é que eu achei que, como cantora...” – tentou completar o novo gerente, mas já o diretor o interrompia com um sinal impaciente, pronto para seguirem com as qualidades realmente necessárias.

A idéia besta do outro, pensaram todos. Este gerentezinho novo não iria muito longe na empresa.


Outros Contos


2014

A MÁQUINA

SEBASTIÃO

ALCEU FEIJÓ

A PEDÓFILA

TOM MENOR

PÁSCOA

A CIDADE EM OLHOS DE PASSADO

O OLHO

ESPÍRITO DE NATAL

MOSAICO

AMOR DE CARNAVAL

OS PASSEIOS COM MINHA IRMÃ

AS UVAS VERDES

MENELAU

AS EXPLICAÇÕES DO ESTUPRADOR

CRÍTICA LITERÁRIA

DIA DOS NAMORADOS

CIRCO

CENA PEQUENA

 

 

 
 

 


Prêmio que agraciou Henrique Schneider é um dos principais concursos do Brasil


Entrevista: o processo de criação de Setenta


Henrique Schneider palestra no Festival Literário dos Campos Gerais