O HOMEM QUE CARREGA AS FLORES

Na rua, o homem carrega um ramalhete.
Escuta piadas a cada tanto. Na frente do boteco em que os marmanjos gastam tardes em cerveja, é uma zombaria só: chamam de tudo ao homem que carrega as flores.
Ele não responde nada – apenas sorri.
Porque, de todas as namoradas, a sua é a mais feliz.


 

Outros Contos


DIA DO ESCRITOR

O TEMPO, ESTA ARMADILHA ESPERADA

A INFÂNCIA DOS MENINOS

EXCEÇÃO À REGRA

BAILE

BRASIL, 2017

O HOMEM QUE CARREGA AS FLORES

MINICONTO

BAILE

INFÂNCIA

 

 


Prêmio que agraciou Henrique Schneider é um dos principais concursos do Brasil


Entrevista: o processo de criação de Setenta


Henrique Schneider palestra no Festival Literário dos Campos Gerais