Leituras Feevale em Novo Hamburgo encerra ciclo no RS
VEJA FOTOS! Escritor Henrique Schneider se apresenta na Fundação Scheffel com a Dama do Jazz; depois, sessões só em Portugal.
   
Depois de passar por 12 cidades - entre elas, Buenos Aires -, nesta quinta-feira, dia 27, o escritor Henrique Schneider realiza a última sessão do projeto Leituras Feevale Contos da Vida Breve 2011 em solo gaúcho, e justamente em sua cidade natal, Novo Hamburgo.

A noite na Fundação Scheffel, que começa às 20h30min, contará com uma participação mais
do que especial. Ivone Pacheco, a Dama do Jazz, acompanhará Schneider na interpretação de seus contos. “Certamente irá emocionar a todos tocando alguns standards de jazz e clássicos da chanson française”, promete o escritor.

Porto e Lisboa, em Portugal, são as únicas duas cidades que ainda estão no roteiro do Leituras Feevale, que começou em setembro. As sessões na Europa estão marcadas para os dias 03 e 07 de novembro. “Gostei deste novo formato, mais condensado num único período, porque, embora ele canse um pouco mais, de alguma forma eu canalizo energias em direção ao projeto”, comenta Schneider.

Quando avalia esta quinta edição do projeto, o escritor valoriza a proposta do circuito. “Acho que esta edição, da mesma forma que as anteriores, está cumprindo sua função de tentar popularizar a literatura”, considera. “Já há uma espécie de público formado e a cada ano se agregam novas pessoas a assistir – o que é bem bacana.”

Segundo ele, a média de público aumentou em 2011. Outra novidade deste ano foi a união de algumas leituras com sessões de autógrafos de seu mais recente livro, A Vida é Breve e Passa ao Lado, lançado no início de setembro.

RETROSPECTIVA – Nada melhor do que imagens para recordar as leituras de Henrique Schneider neste ano. Abaixo, uma retrospectiva que inclui alguns dos lugares por onde passou. Confira!


Em São Leopoldo, na Feira do Livro da cidade, da qual foi patrono. Foto de Marcia Copetti.


Caxias do Sul, na livraria Do Arco da Velha. Foto de Carol Dall’Agnol.


Buenos Aires, na Fundação Centro de Estudos Brasileiros. Foto de Adriana Albuquerque.


São Francisco de Paula, na livraria Miragem. Foto de Marcia Copetti.


Sapiraga, na Biblioteca Municipal. Foto de Jocemar Macedo.


Porto Alegre, na livraria Palavraria. Foto divulgada pela Palavraria.


Campo Bom, na Express Livraria. Foto divulgada pela Express.
 
 

 


Prêmio que agraciou Henrique Schneider é um dos principais concursos do Brasil


Entrevista: o processo de criação de Setenta


Henrique Schneider palestra no Festival Literário dos Campos Gerais