Henrique Schneider retoma projeto de leituras com estreia em Porto Alegre
Nesta edição, serão privilegiados contos inéditos em leituras e haverá presença de autores convidados em algumas das sessões.
   
Recomeça nesta quinta-feira, dia 04, o projeto Leituras Feevale Contos da Vida Breve, em que o escritor hamburguense Henrique Schneider lê suas crônicas Brasil e mundo afora – já esteve em livrarias, bibliotecas e espaços culturais de cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Florianópolis, Montevidéu, Buenos Aires, Porto e Lisboa.
Nesta edição, estão incluídas no roteiro 10 cidades gaúchas mais Buenos Aires e Punta Del Diablo. A entrada é sempre franca e na estreia, o público também vai contar com a participação dos músicos Pedro Dom e Marcelão, que tocarão alguns clássicos da bossa nova e da MPB, num duo de violão e clarinete. Será em Porto Alegre, às 19 horas, na livraria Palavraria (rua Vasco da Gama, 165, Bom Fim).

“A leitura acontece na Palavraria porque ela é uma das livrarias mais atuantes de Porto Alegre, sempre com atividades e debates acontecendo”, justifica Schneider. “Para mim, é uma honrosa alegria ler lá.”

Novidades nesta edição: contos
inéditos e presença de escritores


De acordo com o escritor, a ideia é manter os mesmos moldes dos anos anteriores – o projeto acontece desde 2007. “No entanto, neste ano, privilegiarei contos ainda inéditos em leituras – isto é, a maioria dos contos a serem apresentados nunca foi lida nas edições anteriores. Em algumas sessões, haverá a presença de autores convidados.”

A leitura em Buenos Aires, marcada para 12 de outubro, será na Fundación de Estudos Brasileiros – Funceb e contará com a apresentação do escritor Gustavo Nielsen, vencedor do Premio Clarín 2010, por exemplo. É dele o livro La Outra Playa, obra que está sendo traduzida para o português por Schneider e será lançada na Feira de Porto Alegre, com presença de Nielsen.

A outra cidade estrangeira no roteiro nada tem de estranha para o escritor. “A leitura em Punta Del Diablo tem duas razões fortes: a leitura anterior teve ótima aceitação – o pessoal está pedindo outra – e o local será palco das filmagens do Contramão”, esclarece, citando seu livro que está sendo adaptado para os cinemas pelo diretor Jeferson De.

Leia Mais

VÍDEO: Jeferson De conta como conheceu “Contramão”

Jeferson De e Henrique Schneider projetam lançamento de “Contramão” para 2013

Depois de Buenos Aires, onde acontecerá a segunda leitura, o projeto passa por Taquara, Caxias do Sul, São Francisco de Paula, Igrejinha, São Leopoldo, Punta Del Diablo, Sapiranga, Ivoti, Dois Irmãos e termina a edição 2012 em Novo Hamburgo. Veja a programação da edição 2012!
 
 

 


Prêmio que agraciou Henrique Schneider é um dos principais concursos do Brasil


Entrevista: o processo de criação de Setenta


Henrique Schneider palestra no Festival Literário dos Campos Gerais