“Contos da Vida Breve” estreia em oito cidades gaúchas pelo Leituras Feevale
Primeira sessão de leitura de contos do escritor Henrique Schneider, em parceria com a Feevale, ocorre em Novo Hamburgo na próxima terça-feira, 18 de junho.
   
Privilegiando cidades nas quais ainda não esteve, a sétima edição do projeto Leituras Feevale Contos da Vida Breve se renova a partir da próxima terça-feira, dia 18, com 13 sessões programadas para atravessarem o Rio Grande do Sul até outubro.

Nas ocasiões, o escritor Henrique Schneider lê 12 pequenos contos, antigos e novos, de temas variados. Apenas três das cidades contempladas pelo roteiro receberam leituras no ano passado (Novo Hamburgo, Porto Alegre e São Francisco de
Paula) – em Santa Cruz do Sul, Gramado, Santa Maria, Camaquã, Canoas, Morro Reuter, Canela e Rio Grande, a iniciativa é inédita (veja a programação completa clicando na imagem acima).

“Desta vez, serão 13 leituras, e não apenas 12 – o pessoal da Livraria Vanguarda achou o projeto bacana e pediu para fazê-lo em Pelotas e Rio Grande”, comemora Schneider. “Estou bem animado com a ideia de renovar os lugares e cidades onde ocorrerão as leituras, arejando o projeto.”

Ao mesmo tempo em que o Leituras Feevale respira, também se torna mais intimista. A maioria dos locais que receberão as sessões do projeto são livrarias. “Neste ano, foquei em lugares pequenos, buscando dar ainda mais intimidade e informalidade às leituras”, explica.

COLUNA – Os contos lidos e interpretados pelo escritor são extraídos de sua coluna semanal no jornal ABC Domingo, chamada Vida Breve. O espaço completou 10 anos em março, e Schneider de orgulha de não ter falhado a publicação das crônicas, que já passam da marca de 500 contos. “Só aconteceu de não ser publicado uma vez, por um problema de impressão”, comentou no aniversário de uma década.

Estreia é na cidade natal
do escritor, Novo Hamburgo




A estreia da sétima edição ocorrerá em Novo Hamburgo, na livraria Ex Libris (foto acima), às 20 horas desta terça-feira, 18. A expectativa para o evento é a “melhor possível” para Guilherme Bortolini, um dos sócios do espaço. “Ele [Schneider] é muito bom”, resume, apontando que o escritor já realizou leituras na livraria no ano passado, logo que a Ex Libris foi inaugurada. “Somos parceiros do projeto Sentidos, da Instituição Evangélica de Novo Hamburgo, e assisti à palestra inaugural, com ele. Gostei muito.”

A Ex Libris fica na rua Caiapó (quase esquina com a avenida Dr. Maurício Cardoso), 40, Hamburgo Velho. Contatos com a livraria podem ser feitos pelo telefone (51) 3594-1360 e pelo e-mail exlibris@exlibrislivraria.com.br.
 
 

 


Prêmio que agraciou Henrique Schneider é um dos principais concursos do Brasil


Entrevista: o processo de criação de Setenta


Henrique Schneider palestra no Festival Literário dos Campos Gerais