Curta
Exibição ocorreu como parte do projeto
   
A Câmara de Vereadores de Novo Hamburgo exibiu o curta-metragem A hora em que os cafés fecham, gravado no município e inspirado no conto homônimo do autor hamburguense Henrique Schneider, como parte da iniciativa Curta na Câmara. O produtor Luiz Fernando Rodembuch falou sobre o projeto na sessão de terça-feira, dia 05,
lembrando que na data se comemora o Dia Nacional da Cultura Brasileira. O ator Felipe Kannenberg também estava presente no plenário.

Felipe Kannenberg usou a tribuna e disse ser filho da cidade. “Em busca do meu sonho de fazer cinema, há 22 anos deixei Novo Hamburgo. Como ator, somo hoje 24 longa-metragens. Não é preciso ir a São Paulo e ao Rio de Janeiro para ser reconhecido. É muito importante entender que não é preciso estar em capitais para fazer cinema. Hoje, Novo Hamburgo está fazendo cinema.”

Na ocasião, o vereador Issur Koch salientou o potencial cultural de Novo Hamburgo. “Podemos fazer cultura em qualquer lugar, basta ter vontade.” O vereador Raul Cassel parabenizou a equipe e perguntou como é possível fazer cinema em Novo Hamburgo. Segundo Rodembuch, a iniciativa privada tem sido a principal aliada. Destacou, ainda, que a criação de uma lei municipal de incentivo à cultura, cujo projeto está previsto para 2014, trará grandes benefícios.

Fonte: Portal da Câmara de Vereadores de Novo Hamburgo
Foto: Jorge Boruszewsky / Câmara de Vereadores

> Notícia publicada em 06/11/13.
 
 

 


Prêmio que agraciou Henrique Schneider é um dos principais concursos do Brasil


Entrevista: o processo de criação de Setenta


Henrique Schneider palestra no Festival Literário dos Campos Gerais