Henrique Schneider é o patrono da Feira do Livro de Camaquã
Evento chega à sua 37ª edição em 2017 com o tema “Do papel ao digital, inovação e tecnologia”.
   
Em Contramão (Bertrand Brasil, 2007), Camaquã é uma das cidades pelas quais o protagonista Otávio Augusto passa durante sua fuga de Porto Alegre para o Uruguai. Em outubro, o município realizará sua 37ª Feira do Livro e terá o autor da obra, Henrique Schneider, como patrono do evento.

Leia mais

Sinopse de Contramão

Livros "O Grito dos Mudos" e "Contramão" serão reeditados pela Bertrand Brasil

As atividades ocorrem entre os dias 26 e 29 de outubro, na Praça Sylvio Luiz (Centro Histórico de Camaquã), organizadas pela Secretaria Municipal da Cultura, Turismo, Lazer, Desporto e Juventude com apoio do Sesc Camaquã. A programação será divulgada em breve, com o tema “Do papel ao digital, inovação e tecnologia”. Estão previstas palestras, shows e exposições de artes.

A diretora de Turismo do município, Nilza Tessmann Castro, descreve Schneider como “um comunicador que consegue alcançar o coração e a mente das pessoas com suas ilustrações e crônicas bem colocadas”. “Ele tem o talento de se fazer ouvir inteiramente pelos que o assistem”, observa. “O silêncio é notório, a atenção é completa.”

Preparação


No último dia 14, Schneider esteve na cidade para uma atividade preparatória para a Feira do Livro. O evento no Cine Teatro Coliseu contou com um bate-papo do escritor com estudantes e palestras de Indiana Vitola, Bárbara Pinzon Martins, Leila Pereira e Karine da Cunha.

Na ocasião foram apresentas aos professores das redes pública e privada as atividades previstas para a feira. Kits com livros e CDs de autores que participarão do evento foram distribuídos para que sejam trabalhados com os estudantes nas salas de aula.

Com informações de Gazeta Regional Online

FOTO: ilustrativa / cpers.com.br

> Notícia publicada em 29/09/2017.
 
 

 


Henrique Schneider concede entrevista à Radio France Internationale


Henrique Schneider é o patrono da Feira do Livro de Camaquã


Livros "O Grito dos Mudos" e "Contramão" serão reeditados pela Bertrand Brasil