Renovada parceria para o Leituras Feevale 2010
Quarta edição do projeto patrocinado pela universidade hamburguense levará Henrique Schneider à Buenos Aires.
   
O ano de 2010 começou com novidades na Feevale. Agora, trata-se de uma universidade. O que não muda é o apoio ao projeto de leituras dos contos do escritor Henrique Schneider. No início de junho, a instituição de ensino confirmou o patrocínio da quarta edição do roteiro que percorre o Brasil e o exterior.

Leia Mais

Conheça a Universidade Feevale

A edição 2010 do Leituras Feevale Contos da Vida Breve deve começar em junho e se estende até novembro. Schneider visita livrarias e bibliotecas do Rio Grande do Sul e de outros estados. Esse ano, vai à Buenos Aires e já esteve também em Montevidéu. Lê e interpreta ao vivo alguns dos contos que escreve desde 2003 para o jornal ABC Domingo, que circula semanalmente no Vale do Sinos e Região Metropolitana.

O escritor credita à uma virtude do projeto a consolidação da parceria com a Universidade Feevale. “O que faz o sucesso é a simplicidade”, garante Henrique Schneider. “Isso acaba surpreendendo as pessoas. Elas vão esperando pouca coisa e se surpreendem. É uma forma simples de levar a literatura para outros cantos.” Em aproximadamente 50 sessões, mais de duas mil pessoas já assistiram as leituras.

PROJETO

Durante pouco mais de 50 minutos, Henrique Schneider lê e interpreta cerca de 12 contos. São crônicas que abordam temas do cotidiano, sempre com bom humor e sensibilidade. A direção de arte é do ator Kinho Nazário. O escritor hamburguense costuma chamar os momentos de “aperitivos para a leitura”. Uma forma despertar o gosto pela literatura.

Em sete anos, são mais de 300 contos publicados na coluna Vida Breve do ABC Domingo. Nas edições anteriores, Henrique Schneider esteve em cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba e Florianópolis, além do interior gaúcho e Porto Alegre. No exterior, as leituras são em espanhol. As cidades que receberão o roteiro esse ano ainda não estão definidas, mas serão 14. O lançamento ocorre em Novo Hamburgo e promete surpresas.


FOTO: Paulo Rodrigo
 
 

 


Prêmio que agraciou Henrique Schneider é um dos principais concursos do Brasil


Entrevista: o processo de criação de Setenta


Henrique Schneider palestra no Festival Literário dos Campos Gerais