Henrique Schneider lê contos da Vida Breve em Curitiba
Escritor gaúcho circula pelo Brasil e exterior lendo e interpretando ao vivo os contos que escreve.
   
O gaúcho Henrique Schneider já virou uma espécie de “escritor itinerante”. Desde 2007, circula por cidades do Brasil e do exterior lendo e interpretando ao vivo os contos que escreve há mais de sete anos no jornal ABC Domingo, que circula no Vale do Sinos e Região Metropolitana. Sábado, 31 de julho, o destino é a capital do Paraná.
Leia Mais

Ao som da Dama do Jazz, começa o Leituras Feevale

A partir das 15 horas, Schneider lê e interpreta ao vivo no Quintana Café (Avenida Batel,1440), em Curitiba. São 12 textos em sessões que duram aproximadamente 50 minutos. Temas que vão do drama ao humor, propondo reflexões. “É uma oportunidade única de levar a literatura para todos os cantos”, comemora o escritor. Trata-se do projeto Leituras Feevale Contos da Vida Breve, que chega a quarta edição, sempre com patrocínio da Universidade Feevale.

Em 2010, o roteiro prevê ainda passagens por cidades como Belo Horizonte, Florianópolis e Buenos Aires, capital da Argentina – onde a leitura será em espanhol –, além de Porto Alegre e outras cidades do interior do Rio Grande do Sul. A abertura ocorreu no dia 21 de julho em Novo Hamburgo – RS, cidade natal de Henrique Schneider. Mais de 150 pessoas prestigiaram o evento na Fundação Ernesto Frederico Scheffel.


FOTO: Felipe de Oliveira
 
 

 


Prêmio que agraciou Henrique Schneider é um dos principais concursos do Brasil


Entrevista: o processo de criação de Setenta


Henrique Schneider palestra no Festival Literário dos Campos Gerais