Florianópolis: Henrique “navega” com a Barca dos Livros
Escritor gaúcho lê contos e autografa sua obra no projeto “Encontro com o Autor” da biblioteca catarinense nesta sexta-feira.
   
A nau da literatura pára por algumas horas em Florianópolis para ver Henrique Schneider. É a nona sessão do projeto Leituras Feevale Contos da Vida Breve 2010. O escritor gaúcho “navega” com a Barca dos Livros, na Lagoa da Conceição, nesta sexta-feira, dia 08, a partir das 20 horas, no Encontro com o Autor.
Leia Mais

Conheça a biblioteca Barca dos Livros

Leia os contos da Vida Breve


Será a segunda passagem de Schneider por Florianópolis para leitura de seus contos. A primeira foi no ano passado, na mesma biblioteca. Desde 2007, cumpre roteiros pelo Brasil e até no exterior com patrocínio da Universidade Feevale. Na quarta edição, vai à Buenos Aires, capital da Argentina, onde a leitura é em espanhol. Já esteve em Porto Alegre, Curitiba e Belo Horizonte, além de cidades do interior do Rio Grande do Sul.

LEITURAS - Em 50 minutos, Henrique Schneider lê e interpreta ao vivo os contos que escreve semanalmente há sete anos para o jornal ABC Domingo, do Vale do Sinos (RS). São aproximadamente 400 textos publicados na coluna de nome Vida Breve. O projeto é pioneiro no Brasil.

Barca dos Livros



A Barca dos Livros fica na Rua Senador Ivo d'Aquino, 103, Lagoa da Conceição, e o telefone é 048 - 38793208. Trata-se de uma biblioteca comunitária, mantida pela Sociedade Amantes da Leitura.

Segundo a gestora de cultura Inaiara Wilke, o principal objetivo é garantir acesso à leitura à comunidade local. Inaugurada em 02 de fevereiro de 2007, a biblioteca conta com um acervo de mais de 10 mil livros. Promove uma série de atividades culturais durante o ano.

Possibilitar troca de experiências entre público e escritores é a intenção do Encontro com o Autor, que leva o gaúcho à Ilha e terá também sessão de autógrafos. Quem explica é Inaiara. “Consideramos importante esse contato para a consolidação de uma política de incentivo à leitura”, defende. “O público lê as obras do autor antes do encontro, por exemplo.”

NAVEGANDO - A Barca dos Livros mantém ainda projeto que possibilita acesso à literatura para cerca de 40 mil moradores da Lagoa da Conceição. Mensalmente, aluga um barco e navega pelas margens levando parte do acervo. Gratuitamente, a população ribeirinha tem contato com os livros.


FOTOS: divulgação / Amantes da Leitura
 
 

 


Prêmio que agraciou Henrique Schneider é um dos principais concursos do Brasil


Entrevista: o processo de criação de Setenta


Henrique Schneider palestra no Festival Literário dos Campos Gerais