Henrique Schneider lança livro reunindo Contos da Vida Breve
Textos resumem período vivido desde 2003, quando o escritor começou a publicar crônicas no jornal ABC Domingo.
   
Tudo começou com uma idéia um tanto quanto inovadora, em 2003: escrever contos de ficção, inéditos, semanalmente, para um jornal de circulação regional. Agora, o escritor Henrique Schneider escolheu 44 textos da coluna Vida Breve, do ABC Domingo, do Grupo Sinos, para compor o livro A Vida é Breve e Passa ao Lado.
São crônicas que abordam temas do cotidiano, com bom humor e sensibilidade. Em 2007, passaram a compor o projeto Leituras Feevale Contos da Vida Breve, sempre com patrocínio da Universidade Feevale.

“Essa é uma proposta que vinha amadurecendo. Só não tínhamos tido o tempo necessário para colhê-la”, brinca Henrique, referindo-se à vasta produção de contos que mantém há oito anos. “A idéia é que as pessoas possam ter em casa, em uma só publicação, os contos que consideramos que resumem bem esse período.”

Rodrigo Rosp, sócio da editora responsável pela publicação, a Dublinense, explica que conheceu o escritor há quatro anos e, desde então, passou a se familiarizar com sua obra. “Há quatro meses, ele me procurou para apresentar este projeto. Este é um tipo de literatura muito boa de ler. Partimos de mais de 80 contos, chegamos aos 44 e foi uma delícia fazer este trabalho”, revela.

“Os contos são, por natureza, delimitados por um espaço, mas cabe um mundo lá dentro. Ele traça caminhos muito diferentes, faz textos com profundidade, em que o leitor tem que construir a história também, mas são rápidos de ler. Foi muito interessante”, avalia o editor.

A obra será lançada em São Leopoldo no dia 06 de setembro, na feira do livro do município. Na ocasião, o escritor, que é também patrono do evento literário, fará leituras e interpretações de seus contos. Em Porto Alegre, o lançamento está marcado para o dia 14 do mesmo mês, na livraria Palavraria (rua Vasco da Gama, 165, Bom Fim). É previsto, ainda, um lançamento em Novo Hamburgo, ainda sem data definida.

Obras


Henrique Schneider é autor de Pedro Bruxo, O Grito dos Mudos (vencedor do Prêmio Maurício Rosemblatt de Romance), A Segunda Pessoa, Contramão (finalista do Prêmio Jabuti e vencedor do Prêmio Livro do Ano, da Associação Gaúcha de Escritores) e Avenida de Histórias. Foi o responsável pelos textos de Novo Hamburgo – A Cidade se Revela.

FOTO: reprodução
 
 

 


Prêmio que agraciou Henrique Schneider é um dos principais concursos do Brasil


Entrevista: o processo de criação de Setenta


Henrique Schneider palestra no Festival Literário dos Campos Gerais