O coronel Fagundes manda em Santa Helena. Seu poder e dinheiro elegem o prefeito e os vereadores, determinam o que pode e o que não pode ser feito na cidade. Todos o respeitam – alguns com medo.

Mas há alguém que, sem saber, foge às regras determinadas pelo coronel. É Pedro, curandeiro que vive afastado da cidade, e a quem as pessoas recorrem em buscas de chás e infusões que lhe curem os males de saúde. O Pedro curandeiro, o Pedro bruxo.

E quando alguém afronta as regras estabelecidas pelo poder, paga o preço de sua rebeldia.

COMPRAR

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Prêmio que agraciou Henrique Schneider é um dos principais concursos do Brasil


Entrevista: o processo de criação de Setenta


Henrique Schneider palestra no Festival Literário dos Campos Gerais