A história de uma cidade é contada, geralmente, com bastante seriedade. Datas, dados, números, acontecimentos e personalidades são elencados nas páginas dos livros. Na cidade de Novo Hamburgo, não é diferente.

Mas, construindo toda esta grande história, há uma enormidade de pequenos episódios – engraçados, curiosos, ternos, líricos, bem humorados – que concedem à cidade a sua verdadeira e necessária dimensão humana. Uma história que se conta com boas saudades. Mas também - e principalmente - em risos.

Avenida de Histórias conta alguns destes episódios. Se aconteceram ou não – e a maioria aconteceu mesmo -, pouco importa: são historinhas que fazem parte da grande história da cidade.

COMPRAR

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Prêmio que agraciou Henrique Schneider é um dos principais concursos do Brasil


Entrevista: o processo de criação de Setenta


Henrique Schneider palestra no Festival Literário dos Campos Gerais