Otávio Augusto tem vinte e cinco anos e sua vida está toda planejada. O casamento, a ascensão na empresa, o carro novo, a casa em Miami - tudo com data e hora para acontecer.

Mas o seu planejamento não tem lugar para imprevistos.

E o imprevisto ocorre quando certa manhã, ele atropela duas crianças - e foge.

A partir daí, Otávio se lança numa corrida em que as paisagens brasileiras e uruguaias são coadjuvantes, e a cada novo quilômetro sua situação se complica mais. Roubo de carro, violência, a fuga da barreira policial, o breve envolvimento com uma bela muambeira, a travessia da fronteira no meio da noite, o amanhecer em Punta del Diablo - estes são apenas alguns acontecimentos a preencher a aventura fugitiva de Otávio Augusto, até o seu final.

Final em que, outra vez, o inesperado acontece.

COMPRAR

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Prêmio que agraciou Henrique Schneider é um dos principais concursos do Brasil


Entrevista: o processo de criação de Setenta


Henrique Schneider palestra no Festival Literário dos Campos Gerais